À BAIANA

“Hay dias que no sé lo que me pasa
Eu abro meu Neruda e apago o sol
Misturo poesia com cachaça
e acabo discutindo futebol”

(Toquinho- Cotidiano n°2)

Enquanto houver edredon e angu com carne moída, nada tenho a temer.

Se perguntarem por mim, digam que estou procurando uma cura para os males da sociedade moderna.

O sono e a preguiça continuam, mas a culpa foi embora.

Apagou a luz, deu um sorriso maternal e foi embora.

Anúncios

4 Respostas

  1. E assim…
    Bjs.

  2. Nada como a preguiça que não nos culpa, mas nada como sair dela!
    Bora levantar esta poeira mulher! rs.

  3. Meu programa favorito!! rs

  4. coisa boa né amiga? poesia e cachaça! risos… beijos, bom final de semana e curte o dia dos Lovis! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: