E QUEM DISSE QUE SERIA FÁCIL???

Pois então: no último capítulo eu estava para receber uma porção de garotinhas aqui na minha casa, por ocasião do aniversário da Rebeca.

Fui lá na aula de teatro das bençãos apanhá-las.

Eram seis no meu carro. E gritavam!! E cantavam!! E eu ainda ria.

Aoentrar aqui na minha casa, que eu havia faxinado até os calinhos da mão gritarem, mandei três pro chuveiro e fui esquentar o cachorro quente.

Não precisou de um minuto. as menininhas que não foram pro chuveiro encotraram rapidinho o meu violão e o pandeiro da Rebeca. Mór som. E eu ainda ria.

Dei lanche, dei atenção e dei instruções: o violão da tia, nem pensar, ok?!

P.O. chegou do trabalho e se enfiou no quarto. Minha mãe? Arranjou uma reunião espírita…

Estava divertido, não posso negar. Mais duas menininhas chegaram.

E na hora de dormir, eu arrumei uma espécie de tatame para todas dormirem no quarto das meninas. E o quarto cheirava a chulé.  Deitei com elas, para que se acalmassem e dormissem, mas o tiro saiu pela culatra. Minha presença as agitou sobremaneira, e recebi um ataque ninja de quatro meninas, com direito a lençolenrolado na cabeça e muita cosquinha, enquanto a Rafaela, minha filha maior, gritava: “parem, vocês vão matar a minha mãe!!!”

Me soltei e fui pro meu quarto. Eram meia noite e meia, já havia saido uma briga e uma mãe já havia vindo buscar a filha chorona. Caí no sono e só voltei ao mundo as sete e meia da manhã.

Maior bagunça no quarto das crianças. Ué, não dormiram??? Tia, a gente viu o sol nascer!!

Minha mãe pegou duas no quarto dela às três.

Parece que não dormiram mesmo, então vamos continuar…

Muito nescau, pão com queijo e garotada correndo, derramando nescau no chão que eu havia esfregado com sabão em pó e água sanitária. Voltam duas meninas que tinham dormido em casa.

Minharesidência é muito grande, com quintal em volta. Dava para estar meio longe da algazarra delas. Fui pro quintal preparar um churrasco.

Mas mulheres e churrasqueiras em geral não se entendem.

Levei uma hora, um vidro de álcool e duas caixas de fósforo para acender a dita-cuja. Fod*

As crianças vestiram biquinis e foram tomar banho de mangueira ali, pertinho de mim. Com todos os seus gritinhos. E eu, atrasada com o almoço.

Tia, to com fome!!

Parecia que eu tava andando pela Cinelândia: um monte de crianças sujinhas pedindo comida. Fiquei nervosa.

Minha adorável cumadre veio em meu auxílio e fomos servindo os pratos (descartáveis, que eu não sou besta). Foi só falar para não perder nem quebrar os copos de acrilico que uma abençoadinha fez questão de pisar em cima de um. omou um esporro digno de filme de terror, afinal, eu estava nervosa com aquele monte de gritinhos e com minha mangueira vertendo água há mais de uma hora.  Pedi para brincarem lá na frente…

P.O. chegou do trabalho com quatro caixas de cerveja, na mesma hora que mães pareceram para buscar seus rebentos.

Comecei a beber e voltei a sorrir, cansada como o que, mas feliz, satisfeita.

Não, não tive paz nesse dia ainda…

De alguma maneira, ainda tinha algumas garotinhas pela casa, brinquedos por todo lado e coisa e tal.

Mas valeu, ah, valeu!

Achei emgraçado que todas as mães, quando apareceram para buscar suas filhas, pediram desculpas por qualquer coisa. Menos a da garotinha insuportável, que quebrou o copo de acrílico, que batou na colegftuinha na véspera e não dormiu hora nenhuma.

Anúncios

8 Respostas

  1. Ufaaaaaaaa!!!! Pra isto sim e preciso ter tentaculos de polvo! Hahahahahahahah

  2. Maravilha!
    Hahahahaha, deve ter sido uma “festança”!
    mas fica com o seguinte consoslo: “Sua filha também vai para casa de alguém…olha a forra, hehehehe”!
    Bjs.

  3. festa de criança… nossa, q saudades das que eu ia qdo era pimpolha. beijos

  4. Oi, amiga, que festança e bagunça! Mas, percebeu como vc está feliz.apesar da trabalheira? É o amor. Felizmente vc encarou de frente essa realidade da paixão e não fugiu mais. Com P.O. por perto, compartilhando a vida, a felicidade está completa,sabe disso. Sem ele,duvido que vc estivesse tão luminosa como está. Querida,mulher passional PRECISA estar amando e sendo amada. Sei o que falo por experiência própria. Como eu estou? Hj… vazia. Mas na última semana resolvi dar abertura para outra pessoa. Só que ele iria embora ontem. E foi. É de BH e estava aqui trabalhando. Fiquei feliz na última semana, por isso. Ajudou a desvitalizar aquele bruto. Mas, sobrou o quê? Será que troquei 6 por meia-dúzia? Mas eu sabia que seria ultra passageiro,rapidinho,mas me fez bem no momento. Agora…
    Bjss, querida amiga. Continue assim pq vc está no caminho certo. (reparou que só consegui postar sobre música? Não tenho o que dizer,então,para dar continuidade ao blog, escrevi sobre uma coisa que gosto mto, mas não me inspira escrever)

  5. Aprenda a dança dos dervixes da Turquia , prá ensinar prás meninas da próxima vez.
    Hipnotisa.
    Vai no youtube – que tem.

  6. Chris,Polvinha, hj to passando pra te avisar que postei o terceiro cap no “Desculpe-me…”. Vai lá, querida.
    Bjsss misss

  7. Caramba,corajosa vc..rs,mas tudo pela felicidade dos filhos ne.Tenha um fim de semana delicioso
    Ps:vc tem orkut?
    beijussssssssss

  8. Que delicia deve ter sido essa festa do pijama!
    E pelo visto te cansou,pois vc não posta há algum tempo,né?rsrs…
    Depois passa lá naquela bagaceira que tem uma brincadeira pra vc,ok?
    Desculpe não ter ligado,tô com uma infecção de garganta que me derrubou!E a voz está péssima!
    Assim que estiver podendo falar normalmente eu ligo,tá?
    Beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: