FELICIDADE É…

Há quem goste de ócio. Eu até que gosto, não vou mentir, mas a culpa, essa tia infeliz, martela a cabeça e não dá sossego.

Tenho andado muito, mas muito ociosa ultimamente. E a culpa andou martelando. Só que desta vez eu dei um “chega pra lá” nela, curtindo meu “nadismo” e me preparando para acabar com essa moleza. É que a mulher descolada do terceiro milênio sabe muito bem queágua parada apodrece, e que o corpo é feito de 70%de água.

Ontem, ainda pelas comemorações do aniversário da Rebeca (filha caçula, 5/05) eu, PO, minha mãe, as minhas crianças e as crianças de PO (duas mocinhas de 13 anos) fomos ao shopping assistir ao filme da Alice, comprar presentes e tudo o mais. Foi ótimo, lógico. E acordei ainda nesse astral de paz, de tudo em ordem.

E fui pra hidroginástica, uma manhã linda de outono, eu na piscina limpinha, o bosquezinho em volta da piscina… naquela hora eu me percebi uma mulher feliz, mas feliz para cara**o, a beleza que entrava pelos meus olhos e encontrava abrigo no meu coração e ecoava de volta, me energizando.

Energizada que fiquei, foi mole dar aquela faxina na cozinha depois, com direito a limpar dentro do forno e tudo o mais. E enchi minha mãe e as crianças de beijos, carinhos e “eu te amo”.

A gente (pelo menos eu) fala tranta abobrinha o dia inteiro, e acaba economizando nas palavras e frases que devem e merecem ser ditas. Não economizo mais as palavras doces e carinhosas, tornei isso uma lei.

A vida me retribuiu fazendo com que PO viesse aqui na hora do almoço para me convidar pra comer num restaurante que a gente ama, aqui no bairro mesmo. Arroz com polvo… Sim, comi um semelhante meu e voltei correndinho pra labuta doméstica.

É que hoje é a festa de aniversário da Rebequinha. Uma festa de pijamas!!! desta forma, terei ainda hoje umas seis garotinhas na faixa dos 8 anos por aqui, comendo brigadeiro, cachorro quente e brincando com os jogos que a caçulinha ganhou. Também espero muita gritaria, risinhos, essas coisas. Mas estou confiante na minha sobrevivência, por mais incrível que pareça. A tolerância não vai me adandonar, pois eu falei com ela que, quando eu tinha 8 anos, eu adoraria ter  recebido várias amigas para dormir e brincar durante todo o sábado. Minha tolerância topou o desafio.

Fico por aqui. Me desejem sorte e muita paciência. As visitas estarão aqui por 24hs. Creio que só vá conseguir postar novamente lá pra segunda feira… mas eu conto no que deu.

Anúncios

7 Respostas

  1. Ahhh que ter alegrias e risinhos nao tem preco, quem dera meu pai tivesse liberado a a casa pra mim e minhas amigas terroristas em algum momento!
    Delicie-se!
    E foque-se em manter-se sempre… Feliz pra caralho!

  2. Feliz aniversário para Rebeca!
    Hoje tem festa no cafofo com direito a bagunça, maravilha!
    Lhe desejo essa felicidades sempre.
    Bjs.

  3. Feliz aniversário para Rebeca!
    Hoje tem festa no cafofo com direito a bagunça, maravilha!
    Lhe desejo essa felicidade sempre.
    Bjs.

  4. Tentaculosa,
    Gostaria de contar com seu voto na eleição do Top Blog. É só você entrar no meu blog:
    JORNAL AFOGANDO O GANSO/ http://afogandooganso.blogspot.com e clicar no Selo do TOP BLOG e votar.
    Acredito que o blog presta um bom serviço.
    Grato.

  5. Boa festa e boa paciência; afinal, o filme Alice, com certeza, não valeu muito a pena, não é mesmo?! Abração, sumida!

  6. Eita mas vc é corajosa mesmo..rsrs,mas tudo pelos filhos ne.Parabéns pra sua pequena e parabéns pra nós maes..rsrs.Tenha uma semana deliciosa,
    beijusssssssss

  7. Ha! Quando minha filha fez 8 anos, resolvi fazer uma festa só pra meninas no meu apê. Decorei tudo, coloquei um globo espelhado na sala, estrobo (aquela luz que pisca e parece que estamos em câmera lenta), luzes coloridas, música. achei que elas iriam adorar dançar como se estivessem numa boate. Ledo engano. Em pouco tempo, elas destruiram toda a decoração e nem ligaram para a iluminação especial. Queriam era ficar correndo e gritando pelo corredor. Lembra dos Gremilins (não sei escrever isso)? Foi mais ou menos assim. Certo momento, eu e meu marido desistimos, sentamos, olhamos para o relógio e concluímos: uma hora isso tudo vai acabar. rs

    Então, companheira, boa sorte! rs

    Ah, eu adooooro o ócio!

    beijo rouge

    Dani

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: