saudade dói…

” Era uma vez, vejam vocês, um passarinho feio
Que não sabia o que era, nem de onde veio
Então vivia, vivia a sonhar em ser o que não era
Voando, voando com as asas, asas da quimera

Sonhava ser uma gaivota porque ela é linda e todo mundo nota
E naquela de pretensão queria ser um gavião
E quando estava feliz, feliz, ser a misteriosa perdiz
E vejam, então, que vergonha quando quis ser a sagrada cegonha”

(Lenda do Pegaso, Moraes Moreira)

Quem não conhece essa música, pode tratar de procurar no youtube ou afim. Não coloquei aqui o som ou o vídeo por estar escrevendo do hospital.

Mas… Quem nunca se sentiu como o passarinho feio? A mulherpolvo, muitas vezes, ao ver comportamentos tão diferentes dos dela  entre os amigos mais próximos, se pergunta se não está voando no céu errado.  Depois tudo passa, e percebo que sempre teremos algo em comum com o próximo, mas nunca teremos TUDO em comum.  

E janeiro vai se desenrolado… Saudade das filhas que chega a doer, e, a medida que a saudade aumenta, minha disposição para pegar no telefone e escutar aquelas vozes que mando calar o ano inteiro diminui. Me consolo fazendo uma contagem regressiva muito da safada, afinal, não tive ainda a coragem necessária de perguntar ao pai quando ele vai me devolver as jóias. Será que dia 31 de janeiro?? Só Deus sabe!!

Quem tá fazendo falta também é o carro. Nada de ficar pronto, e eu à pé… Sobre isso, tenho a dizer o seguinte: tenham cuidado com o que falam. Palavras materializam situações. Durante o mês de novembro eu e minha mãe pensávamos na conveniência de vender o carro e janeiro. tanto falei de passar janeiro à pé, que cá estou agora.

Não é estranho, depois de tantos mimimis, que eu tenha ficado doente. Sinusite, das brabas, mais uma gripe daquelas. Febre, dor, nada de praia, de sol ou de passeios de bicicleta. Tá passando, vai passar! E meu amado namorado cuida de mim. E me faz companhia, na medida certa. A solidão que experimento sem minhas filhas é estranha. Mesmo com telefone fixo e duas linhas de celular, não sinto vontade de ligar para ninguém. Nenhum programa me parece mais atraente que a TV na cama. Com namorado, sem namorado. O tempo vai passando e em breve as pestinhas estarão comigo novamente, e a vida voltará ao normal.

Vou contar para vocês o que acontece com o passarinho feio do início do post:

“Aí então Deus chegou e disse: Pegue as mágoas
Pegue as mágoas e apague-as, tenha o orgulho das águias
Deus disse ainda: é tudo azul, e o passarinho feio
Virou o cavalo voador, esse tal de Pégaso”

Não importa em que céu estamos voando… Desde que tenhamos a certeza de sermos únicos…

E viva a diversidade!!!

PS: escolhi a música do passarinho feio por ter cantado á exaustão para as minhas filhas, desde o tempo em que moraram na minha barriga até ficarem pesadas demais para serem ninadas. O resultado: elas sabem cantar a música todinha, de cabeça!!

Anúncios

3 Respostas

  1. Ai que coisa boa que é a tv na cama, a preguiça bem ordenada, ai que coisa boa!…
    Quanto à diversidade, ela é saudável sim e muito!
    Tá na vida e portanto o natural é que esteja em nós – se formos naturalmente pessoas.
    1 abraço e grata pelo carinho , viu moça?

  2. Também estou morrendo de saudades dos meus filhos que estão passando férias na casa da avó. Mas eu aproveito para curtir o tempo que tenho a sós com o maridão.
    A música é linda!

    beijo rouge

    Dani

  3. Já me perguntei se não voava em céu errado. Quem já não se perguntou ?
    Preciso pensar sobre seu conselho : ” tenham cuidado com o que falam. Palavras materializam situações. ”
    Eu teimo em não acreditar, mas acho que é por aí.

    Boas vibrações.
    bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: