FELIZ PARA SEMPRE

Calmo plantão no hospital.  Grudei num blog da Celamar que eu ainda não conhecia. http://meuqueridoamigocafa.blogspot.com/ esse é o nome.  E lia, e me deparava com uma história que poderia ser a de qualquer mulher, talvez seja, ou tenha sido no passado, uma história que só difere das minhas quando percebo que ela nunca se deixou levar de olhos fechados. Ela pensou, tanto que saiu fora. Homens mentem.

Fui dormir com o coração atordoado.  Será que só ontem percebi que homens mentem, traem e destroem o amor-próprio de mulheres? Não… Eu já escutei mentiras, fui traida, espancada, quase destruida por homens.

Então porque, mulher, você acredita, logo de cara, se joga, mete os peitos e crê em boas intenções?

Porque, assim como o resto do mundo, baseio os outros por mim. Tenho bom coração e boas intenções. E procuro ver isso nos meus interlocutores.

Chorei.

Não quero perder a inocência!!!

Intensa que sou, a custa de muitas lágrimas, venho aprendendo que não precisamos estar ou num extremo ou em outro.

Existe, sim, o caminho do meio.

E despertei linda, abençoando a manhã, a bike e a praia que esta vida louca de recepcionista de emergência do SUS me proporciona, em conjunto com o ofício de cozinheira sem trabalho no momento. Um mergulho, um cigarro. A revista Cláudia. Uma reportagem bem ao meu gosto.

“10 filmes sobre mulheres nota 10” Essa eu recomendo, pois ali me achei.

Filme n°7:  “Pão e Tulipas”. E o comentário da (inspirada) jornalista (não tem crédito): ” tem muita gente que se distrai e é feliz para sempre, sem conhecer as delícias de ser feliz por uns meses, depois infeliz por uns dias, felicíssima por uns instantes, em outros achar que ficou maluca, então ser feliz denovo em fevereiro e março, e em abril quationar tudo o que fez, aí em agosto ser feliz porque uma ousadia deu certo, e assim sentir-se realmente viva porque cada dia passa a ser um único dia, e não mais um dia.”

Aí a ficha caiu. Eu sempre quis (?) casar. Cresci e fui educada para fazer faculade, casar e ter filhos. Aí eu casei, como uma princesa, de véu, com festa, bolo e tudo o mais. Só que eu não fui feliz. Achava um tédio, sem aventuras, todos os dias iguais. Apenas meu reflexo no espelho ficando mais velho, os bebês mais pesados, a insatisfação mais desesperadora. Um medo terrível de a minha vida ser só aquilo ali. Parti, com os bebês e nossas roupas, para a casa da mamãe, que fica no meu lugar: Piratininga, Niterói. É desse mar e dessa paisagem que tiro minha força.

Até que me casei denovo. E fui murchando, na medida em que a monotonia e a falta de apoio aos meus projetos se instalava. Denovo só.

Mais um mergulho no mar. Olho em volta, olho para dentro. Minha vida atual não tem rotina. Hospital, doze horas de trabalho para sessenta de descanso. A cada palntão, dois clínicos, um cirurgião cento e poucos doentes e familiares diferentes. A cozinha? A cada festa ou coquetel uma nova aventura. Mês bom, usando roupa nova de marca, almoçando em restaurante caro. Mês ruim, levando marmita pro hospital e garrafa d’água para a praia. è assim que sou feliz uns dias, infeliz outros, felicíssima em tantos outros e por aí vai. É a minha natureza, não posso lutar contra.

Amor, quero dar e receber.

Casar, já não sei.

E será que eu quero mesmo ser feliz para todo o sempre??

Anúncios

4 Respostas

  1. Acho que se sentir viva mais importante do que viver feliz para sempre. É isso que está me segurando esses dias…

    bjos

  2. Se você quer ser feliz para todo o sempre eu não sei. Mesmo pq acredito que existam momentos felizes e que a felicidade está na serenidade que a gente consegue ter nos momentos difíceis.
    Você me emocionou. Através de um blog, de parte de uma pequena história da minha vida, você fazer um post tão verdadeiro. Tão profundo. Bonito.
    Eu me orgulho de ser mulher. Tenho recebido tanto apoio. Tantas mensagens bonitas.
    E você, tenha certeza, é uma lutadora. Eu não chego nem ao seu dedinho do pé.
    Todas nós queremos encontrar alguém e AMAR…amar de verdade, pra sempre, algumas encontram, outras, náo. Mas o caminho não deixa de ser bonito.
    O ‘” nosso ” encontro, a nossa descoberta é por demais intensa. Amar os amigos, os filhos, os pais, os livros, o trabalho, um dia de sol, de chuva, estar aqui trocando estas letras com você, já é ser feliz demais.
    Amor ? Ele é universal. Independe da relação homem e mulher.
    Só amaremos bom e bem, de forma madura, no dia que nos amarmos de verdade. Ter alguém ao lado , não significa felicidade.
    Porque na verdade a felicidade está dentro de nós.
    E que o meu blog , que começou tão despretensiosamente, dê muitos frutos e muitas descobertas dentro do coração de cada mulher. E por que não, de cada homem ?
    Um beijo, moça.
    Vc me emocionou….
    bj

  3. Homens mentem, mulheres fingem… A vida não é mesmo fácil, minha cara, e a felicidade a dois é tema dos mais complexos… Sigamos docemente iludidos, mas sem tirar os pés do chão jamais! E o blog dessa moça é mesmo ótimo! Beijão e obrigado pelo carinho de sempre!

  4. Amiga,vc tem razão:a gente julga os outros por nós.Projetamos nossa maneira de ser e acreditamos que os outros sào iguais. E,qdo somos honestas,verdadeiras e amorosas,imaginamos que todos sào assim. E aí quebramos a cara com aqueles por quem nos apaixonamos,achando que jamais seriam capazes de mentir,atraiçoar,ser brutos. Mas,depois de alguns bons tombos aprendemos a ir com calma, a não nos entregar logo de cara. Eu demorei,sofri e ainda sofro a decepção,a vergonha e a perplexidade.Como alguém que é apaixonado pode ser violento? Como pode tentar nos destruir? Por que precisa humilhar? Depois,doída, a gente percebe: há pessoas doentes,desequilibradas,egoístas,perversas… Há de tudo,infelizmente. O jeito é a gente não cair de novo na história do “maior abandonado”. E ser feliz pelo simples fato de estar vivo,com saúde, e poder pedalar à beira mar num belo dia de sol. Isso já é um luxo!
    Bjsss,querida amiga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: