MOVIDA À PRAZER.

Eu tinha vinte e quatro horas para descansar entre um plantão e outro, uma família com saudades de mim e uma festa para ir. Tomei um banho de deeva absoluta, mas resolvi colocar a camisola e dormir, apenas isso. Nada de festa, nada de social com a família na sala. Dormir de janelas abertas e acordar com o sol nascendo, e uma lua turca no céu.
Rolei pra cá e pra lá, mas não consegui fechar meus olhos novamente. Tava muito lindo!!
Levantei e fiz a saudação ao sol, toda sorridente, cheia dos melhores votos ao dia que iniciava.
Tomei dose dupla do “Elixir de Saúde da Mulherpolvo” e peguei minha magrela pra matar saudades. Ela ficou chocada de estar sendo requisitada depois de um mês inteiro de castigo sem levar ninguém para passear, coitada. Aí começaram os percalços:
O pneu estava murcho e tive que retornar pra encontrar um posto de gasolina.
Nesse retorno, meu MP3 player caiu de dentro da blusa.
Segurei pelo fio, o troço caiu e abriu no meio. Quebrou.
Minha garrafa de água abriu e molhou a mochila, o banco da bike e a minha roupa.
E isso tudo aconteceu em mais ou menos três minutos!!!
Voltei em casa confusa, achando que poderia ser um sinal dos céus para eu não sair de bicicleta.
Mas eu saí assim mesmo.
Não dava pra dispensar a oportunidade de sentir os músculos trabalhando, a respiração ofegante, o coração disparado. Ao invés do habitual óculos violeta, usei um de armação branca e lente azul, o que deixou o céu e o mar com uma cor divina. Chegando na praia me deparei com o mar mansinho. Desisti do passeio e voltei correndo pra casa. A missão: fazer as tarefas domésticas correndo, acordar as crianças e ir à praia.
Não me perguntem como, mas deixei um lombo de porco cozinhando, fiz quibebe, recolhi a roupa do varal, dei café para as meninas e fui, de biquini de oncinha, para a praia.
Muita brincadeira dentro da água com as crianças, a revista d’O Globo, enfim… Não pude demorar, mas valeu à pena.
E eis que surge dentro da cozinha uma Mulherpolvo super bem-humorada, ouvindo samba bem alto no rádio, sambando, cozinhando, arrumando, rebolando, cantando:

“Deixe de lado esse baixo astral
Erga a cabeça enfrente o mal
Que agindo assim será vital para o seu coração
É que em cada experiência se aprende uma lição
Eu já sofri por amar assim
Me dediquei mas foi tudo em vão

Pra que se lamentar
Se em sua vida pode encontrar
Quem te ame com toda força e ardor
Assim sucumbirá a dor (tem que lutar)

Tem que lutar
Não se abater
Só se entregar
A quem te merecer
Não estou dando nem vendendo
Como o ditado diz
O meu conselho é pra te ver feliz”

Em meia hora, mais ou menos, convidei a rainha Mãe e as princesinhas pra um banquete:
Lombo de porco ao molho de mel e gengibre, com compota de laranjinhas kinkan
Quibebe
Salada de chicória, acelga, tomate, pimentões coloridos e cenoura
Salada de macarrão al pesto

Um cochilo, um banho, e o direito (mais que merecido) de ir pro trabalho de carro.
Aí que ficou bom mesmo!!!
Cantei, interpretei, bati palmas, gargalhei. Soltei a franga, cantei alto até a barriga doer.
Se eu tinha alguma mágoa ou angústia dentro de mim, foi s’embora embalada por notas musicais. Cantei por 120 minutos, movimentei todas as energias de prazer, paz, alegria, e amor que tenho dentro de mim, me preparando_a minha maneira_para a semana cheia de emoções que terei. Escrevo do hospital. Passarei a noite trabalhando. Mas e daí? Vou aproveitar muito essas doze horas em meu favor…

Vou colocar aqui parte da playlist da cantoria de hoje.

P.I.L – This is noy a love song
– Rise
Alanis Morrisete – Hand in my pocket
David Bowie – Rock’n roll suicide
Elza Soares – Bafo da onça
– Façamos
– Tem que rebolar
Marisa Monte – Bonde do dom
– Gerânio
– Diariamente
Bachman Turner Overdrive – Hold back the water
– You ain’t seen nothing yet
– Down Down (essa tem uma curisidade: Rebeca canta assim
“dá dá um algodão” ao invés de “down down we all go down”

E é tudo isso aí, boa semana pra vocês. A minha já está ótima!!! Rá!

Anúncios

2 Respostas

  1. que delícia!
    semana ótema pra nozes!
    um beijo e um queijo!

  2. Hola Polvinha,

    que bom que amanhecestes e tivestes um dia radiante, é muito bom quando acordamos assim e enfrentamos o dia com dignidade e esperança.

    Quanto a bike, eu entendo ela (a bike) tadinha, um mês inteiro sem ninguém brincar com ela, ficou magoada, daí o pneu murcho, ainda bem que tu não te estressastes com a garrafa de água derramada na mochila e com o fato de ter quebrado o ipod…

    para tu veres que nem tudo que parece ruim é ruim de todo, o dia foi perfeito, mas temos de saber lidar com as adversidades e percalços pelo caminho…

    MANDOU MUIIIIIIIIITO BEM POLVINHA!

    beijos

    Patifa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: