AMORES, COBRANÇAS E…CINEMA!

Eu poderia começar falando sobre respeito, sobre aceitação. Sobre em como o amor passa a fazer sentido quando traz junto um olhar franco sobre o objeto amado, junto com um “foda-se”, amo assim mesmo.
E é assim que te amo. Você é uma menininha canceriana, minha filha mais velha, o primeiro bebê que vi nascer dentinhos, aprender a andar e falar. Você foi o primeiro bebê que vi virar mulher. Não seria um post de aniversário a te fazer ser tão preciosa para mim.
Vinte e oito anos!!
Tento respeitar e aceitar sua natureza carente. Te amo assim mesmo, e talvez justamente por isso.
Desde ontem à noite, quando li seu recado, não consigo parar de pensar sobre isso. Mas não é com carinho ou com saudade. É danada mesmo, porque você está do outro lado do mundo e, ainda assim, consegue me cobrar um jeito de amar que não é o meu, e nunca será. Assim você perde a vida inteira desejando o que não vai ter e deixa de aproveitar o que tem. Outra coisa que me deixa triste é a crítica.
E aí que eu estou triste porque você, daí da Austrália, não aprova a minha vida. Eu também queria te agradar, sabe?! Porque eu te amo!!
Minha querida irmã, o mundo não para de rodar e o tempo não para de passar para lambermos as nossas feridas!
Você está aonde desejou, com o cara que elegeu. Sempre soube que não seria fácil. Aqui em Niterói, em Santa Luzia, em São Paulo, em Porto Seguro… Onde você passou, ganhou corações. E aí não é e nem será diferente. Você já fez, está fazendo amigos. Está prestes a se casar. Ontem à tarde, eu “vi” como você ficará linda gerando meu sobrinho e afilhado
Esse tempo está difícil para você, e eu sei, com conhecimento de causa, como é ruim estar num lugar estranho, apenas com o amado para suprir toda uma vida de afetos. Mas os afetos não acabaram, apenas estão em outro país.
É muito difícil, com um fuso-horário de 12 horas, a gente se falar. Às dez da minha manhã, é o auge da minha ocupação. Como o seu dia também é ocupado.
Ausência de skype, de e-mail, de blog, não é ausência de pensamento nem coração.
E para finalizar, adaptando “o clube das divorciadas”: Não fique com saudades, fique rica!
Você está com a faca e o queijo na mão. Construa sua vida. Sobre sangue, suor e lágrimas (cinema denovo!!!), whatever.
Todas nós te amamos e sentimos sua falta. Mas queremos ver vc voltando muito feliz, rica e…. com meus sobrinhos. E que sejam machos, que não aguento mais comprar roupas cor de rosa, viu?!

Anúncios

6 Respostas

  1. RECADO IMPORTANTE NO BLOG
    POR FAVOR REPASSE

  2. Amor de verdade.
    Bonito de ler.

  3. porra… vc é foda…

    é isso… vc é foda…

    hauahuahuahauhauahuahauhauahua

    te amo…
    ah, sem essa de sobrinho hein! apenas pensamentos para o “ficar rica”… esse eu gostei… hehehe

    te amo de novo!

  4. Oi Queridona,

    Força para vc e para a sua irmã, viu? Avante. E conte com essa rede solidária aqui!!!!!

    Beijão.

    Much love,

    Bela – A Divorciada

  5. Menina, vc ama a sua irmã! Mas entendo a solidão dela. Caraca,trocar tudo por um amor é difícil.Ficar longe,sei lá,eu sou mto bicho-de-goiaba e não aguentaria. Mas seu conselho:fique rica, é ótimo… rss… Tomara que ela consiga e volte assim.E te traga sobrinhos homens. Bjocas,fofa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: