UM FINDE DE MORTE E DE VIDA

Minhas mãos pareciam engessadas, tamanha a dificuldade de escrever nos últimos dias.
Uma morte, quatro nights, uma social, dois retornos. Álcool e comida gordurosa.
Vamos por partes, como já diria Jack, o estripador.
Vigília quinta em favor da saúde do amigo à beira da morte no hospital. Quem quase morreu foi a mulherada, que bebeu e bebeu muito. Desfazer mau-entendidos, cantar samba, encontrar por acaso outros amigos mega queridos.
Sexta foi aquele negócio, com o desencarne do dileto amiguxo e, como eu já tinha comprado ingresso pro show fui assim mesmo. Isso você já sabia, eu já havia contado.
Lá aconteceu uma coisa bem curiosa.
Eu vi um gatinho. E ele me viu. E a gente falou um pouco, dançou um pouco. E abraçou. E depois cada um foi pro seu lado. Não, querida, eu não tava fedendo, nem tampouco ele. Coisas de trintona exêntrica, querer pegar e não pegar, sei lá. Acontece que aqueles olhos me perseguirão por muitos dias. Lindos olhos, castanhos, bondosos, divertidos. Penssei comigo que se fosse pra ser, seria depois, mais tarde. Num lugar com 30 mil pessoas não deve ser muito fácil de se reencontrar alguém. Mas a gente se reencontrou. E se lembrou. E deu um abraço sincero e apertado. E trocou halls. Mas não peguei, não perguntei o seu nome e também não disse o meu. Foi uma relação relâmpago, linda e completa, sem beijos. Apenas dois pares de olhos que se cruzaram e se reconheceram na multidão. Se for pra ser, será, qualquer dia desses, em outro lugar, em outras condições.
**********************************
Uma mãe, duas filhas, um parque de diversões. Mais uma roda gigante, agora com as gatitas. Na moral, foi muito gostoso, ser mãe, apenas mãe e mais nada. E sabe o que tinha no parque??
CINEMA 180°!!!!!!!!!!!!!!! Caraca, Nos tempos do Tivoly Park era o brinquedo que eu mais amava, depois da montanha russa. e Rebequinha (6 anos) falando “que viagem,mãe” foi a coisa mais engraçada que aconteceu naquela sala escura e mágica.
Todos em casa trabalhando juntos em prol de um lanche de milk shake e cheeseburger. Lindo! Mas não contem pro meu personal, que ele me esfola.
Terminadas minhas funções maternais, um rolé com cumadre Julinha.
Você precisa se lembrar de que eu agora já não tenho nem namorado, nem Gatchenho e nem ninguém. Maldito tempo de vacas magras… Um sábado a noite talvez resolvesse meu problema. Só que esqueceram de me avisar que aos sábados, só sai de casa adolescente e extraterrestre. E a seca continua…até que…
No domingo, curtindo uma derrota digna de Amy, cabelos sujos e embaraçados, rímel pelas bochechas e nenhum traço do habitual glamour. Telecine, pra que te quero!!!!!
Assisti PS: I LOVE YOU. Fiquei louca para amar e ser amada. Vou escrever no meu orkut, na parte do par perfeito: ” quero um irlandês”. E enquanto eu sonhava, tocou meu telefone.
Música, por favor.
GATCHENHO! Ele poderia ter dito “sei que você não faz sexo Há dez dias, vou te salvar”.
Não faria diferença. Acontece que o time dele arrasou com o meu, domingo é dia de futebol, né não?! Papos futebolísticosa parte, convite (intimação) pra sair.
Tá bom, tá bom, eu sei muito bem que eu deveria ter dito não, mas ele é tão, tão…e eu tenho um negócio…Escutei a voz dele e pensei na boca, nas mordidas, e em outras coisas que não revelo nem sob tortura.
Chuveiro, bolhas de sabão, cremes hidratantes e toda a sorte de aditivos pró-beleza.
“Eu sei que eu sou bonita e gostosa e sei que você me olha e me quer.”
E também sei que este perfume novo tá um arraso. E também sei que estava morrendo de saudades e que beijei mooooooooooooooooito. Quem come cheeseburger no sábado pode muito bem encarar o Gatchenhono domingo, né não?!
E nesta segunda feira branca, meu primeiro pensamento ao acordar (13 horas):
ESSA SEMANA SÓ SAIO DE CASA PRA TRABALHAR.
Segunda feira é que nem ano-novo: as boas intenções estão todas despertas.

Anúncios

8 Respostas

  1. Pára tudo!

    Onde tem cinema 180 graus nesse século?!?

    puuutz

    []s
    O Carioca

  2. Sim, sou vizinha. Piratininga.
    O cinema 180° está num parque meio tosco, lá no centro de Niterói.
    Você também gosta? A única coisa que faltou pra ser perfeição foi um saco de bala boneco no bolso.

  3. Oi Queridona,

    Quantas emoções, né??? Viva e deixe viver, está certíssima. Adorei ler que segunda-feira é como Ano-Novo, hahaha!!!

    Falando em guloseimas deliciosas, amanhã vou escrever sobre regime, sobre como emagreci.

    Beijão,

    Bela

  4. Toda semana eu comento que sou do tempo que….(e lembro de umas coisas que só quem tá na ultima fase dos inta lembra)…Sexta-feira falamos de cinema 180 graus. Ainda é “inflável”? heheheh Que lugar do centro de niteroi?

    Melhor do que o saco de balas boneco era o BigMac em caixa de isopor pra manter quente.

    []s
    O Carioca

  5. Sim, este é inflável. Não estou na última fase dos inta, mas posso dizer que sou sua contemporânea, afinal, comi muito big mac em caixa de isopor, lá na praia de Botafogo, onde minha mãe trabalhava. Vou mais além: fizemos muitas compras na Sears. KKK
    O parque é no estacionamento do Carrefour, ao lado das barcas. Devo convida-te pra ir comigo, ou você consegue se virar além ponte sem ser para ir pra região dos lagos?

  6. Se eu fingir que não me viro, voce me convida? heheheheh…Sabia que tinha cinema 180 graus no Tivoli Porko não!

  7. Convido sim…
    Se eu conseguir sobreviver a este plantão, uma vez que faltam apenas 20 minutos preu ir embora e tá chovendo pra chuchu.
    Pra corno, todo castigo é pouco!!! KKK

  8. foi mt legal a vez q fui no tivoli park, se não me engano foi na ultima vez q fui la… eu nem tinha ideia de q existia esse cinema 180… eu devia ter uns 7 ou 8 anos… ai andando por la com minha mae e minha tia… vi um pequeno galpão azul… (eu era pequeno entao pra mim era um galpão kkk) com a porta entreaberta, entao com minha curiosidade de criança dei uma espiada pela porta… quando entrei vi aquela tela monstruosa ai ja imaginei logo q alguma coisa deveria ser projetada ali… tinha uns 2 ou 3 senhores la dentro conversando… ai um deles me disse q podia ligar se eu quisesse ver… chamei minha mae e minha tia correndo, elas nao queriam ver, talvez desconfiadas pq so tinha a gente la dentro e mais ninguem… insisti e a gente viu, sentados numas daquelas cadeiras de ferro tipo de barzinho… nossa, tinha cenas de montanha russa, perseguição, avioes… foi uma experiencia inesquecivel da minha vida e uma das melhores se nao a melhor lembrança que eu tenho do tivoli park.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: