NO HOSPITAL

Enquanto isso, na recepção, toca o telefone:
“plantão geral, bom dia!” (sorrindo e fazendo voz sexy, afinal, é sexta feira…)
“bom dia! Sabe o que qui é?”
“pois não, senhora”
“É que eu to ccom uma dor de coluna danada, carreguei meu sobrinho no colo”
“sim” (enfadada, querendo que a linha caia de repente)
“Eu posso ir até aí?”
“sim, senhora, mas estará sujeita à triagem”
“Então se eu for aí, eu não serei atendida?”
“A senhora será vista por um médico, que decidirá se a senhora será ou não atendida”
“Mas eu vou ou não vou ser atendida??”
“porracaraleo, você não sabe o que significa TRIAGEM?”
“MINHA SENHORA, A SENHORA PODE VIR E SERÁ FEITA A TRIAGEM, O MÉDICO É QUEM DECIDE SE A SENHORA SERÁ ATENDIDA” (falando mais alto e sem nenhuma paciência)
“poxa, porque a senhora tah falando assim comigo? Não precisa ser grossa”
“me desculpe, senhora, foi mal”
pi pi pi pi
DESLIGOU NA MINHA CARA, A FELADAPUTA.

Anúncios

Uma resposta

  1. sempre me divirto com tuas histórias.
    acredite a galera liga e nao sabe o que é triagem, entao, da próxima vez diz: a senhora será atendida por um médico e ele vai avaliar se precisa de internaçao ou nao. Geralmente ficam mais tranquilizados.
    E quem quer ficar internado numa noite de sexta??? eu nao quero mesmo rs rs rs

    beijos moça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: