EM CASO DE DÚVIDA…

Umas das coisas mais cruciais na educação de um filho é ensiná-lo a escutar um não.
A vida nos dá muitos “nãos”:
Não podemos ir à praia todos os dias, porque tem dias de aula, de trabalho e de chuva, para exemplificar.
Eu admito que sou mandona, que gosto de ouvir “sim” de tudo e de todos grande parte das vezes. Mas já tenho idade e maturidade o suficiente pra aceitar com bom humor os reveses.
Quando Gatchenho começou a morder meu pé dentro daquela banheira, eu fiquei amarradona. Mas gatchenho só quer ouvir “sim”, e me dá tantos “nãos”.
Não consegui, em três semanas, uma noite pra asssistir DVD na cama. Saímos e bebemos em todas as vezes que ficamos juntos. Aí, eu fico cansada, com sono e de ressaca.
Uma coisa só é boa quando é boa para todos. Estar com ele é uma delícia, mas vira um pesadelo quando meu trabalho fica em segundo plano, quando minhas filhas ficam com saudades de me ter inteirinha só para elas, quando eu estou mal dormida vendo meu quarto igual a uma praça de guerra, pois não encontro nem tempo, nem disposição para arrumar.
Não sou calma, não consigo ainda ir com calma. Fiquei amarradona no Gatchenho e deixei tudo o mais ir pro inferno. Errei.
Para que tentar administrar isso?
Será que vale a pena lutar?

Anúncios

2 Respostas

  1. Mulher-Polvo,
    li uns cinco posts seus numa só tacada! Papo reto esse seu blog! Parabéns! beijos, A Solteira

  2. Oi Mulher-Polvo,
    coisa difícil essa de administrar o gosto de todo o mundo né? Mas, se fosse fácil também não teria a menor graça né?
    Beijos,
    A Solteira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: