OK, EU ME RENDO!!

Eu sei que andei sendo bem marrenta com vc.
E que não te ligo, e que te trato sem paciência quando vc me liga.
Mas aí vc ficou sem celular e me deu uma vontade… de te ligar, só porque não tinha como.
Gatchenho, vc é tão lindo, tão… jovem e gostoso mesmo, que a palavra está aqui é pra ser escrita e a emoção pra ser vivida.
Vou te dando pistas do meu medo de me apaixonar, sempre tentando estragar tudo antes que tudo se estrague por força maior.
E o mais importante você sacou logo de cara.
Você já está dominando meu corpo, vai com calma, que a mente e o coração vão se abrir como uma flor de lótus…
Entenda, baby, que é muito difícil pra mim.
Minhas paixões começam na cama, depois, enquanto vc morde meu pé na banheira, vou deixando meu cabelo molhar, e assim a marra vai se dissolvendo. Eu quero confiar em vc. Delícia.

JsIndexer - JsIndexer - Adicionar aos Favoritos BlogBlogs JsIndexer - Adicionar ao Blogbookmark JsIndexer - Adicionar artigo ao Del.icio.us JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar ao Facebook JsIndexer - Adicionar ao Google JsIndexer - Adicionar ao MySpace JsIndexer - Adicionar aos Favoritos Technorati JsIndexer - Adicionar ao Ueba JsIndexer - Adicionar artigo ao Windows Live JsIndexer - Adicionar ao Yahoo!

Anúncios

CARMEM MIRANDA

Me metendo a acrescentar às “mulheres que amamos amar” do blog 3×30 solteira, casada, divorciada.
Carmem Miranda hoje completaria 100 anos de nascida, portanto, se eu já queria falar dela desde que comecei o blog, hoje não deu pra segurar.
Essa aquariana de 1,53m de altura conseguiu não só conquistar o mundo como ser, até hoje, a personalidade brasileira mais conhecida no exterior. Personalidade brasileira que nasceu em Portugal, vido para o Brasil com apenas um ano de idade.
Carmem viveu como quis. Desenhava seus próprios vestidos e chapéus, vivia entre os músicos e não se importava nem um pouco de não viver como as outras moças de seu tempo.
Na década de 30, já transava no carro com o namorado em praias distantes (não tinha assalto nem polícia, né?!), sempre tinha um opinião para dar e chamava sua platéia de “macacada”.
Quando foi para os Estados Unidos, trabalhava como louca, não tinha tempo para dormir e vivia a base de anfetaminas (que naquela época eram receitadas sem pudor, por não saberem dos riscos).
Ganhou muito dinheiro e durante alguns anos, já em Hollywood, era a mulher que mais pagava imposto de renda naquela terra.
Tinha um cabelão enorme, que era o que na verdade sustentava seus enormes e pesados turbantes.
Cheia de vida, presença de espírito e energia, Carmem não durou muito. Bebida, anfetaminas e estresse contínuo tiraram a “brazilian bombshell” de cena em 05/08/1955, mas de nossos corações, jamais sairá.
Mais uma mulher de fibra, à frente de seu tempo, e fonte eterna de inspiração para todas nós que temos a petulância de lutar pra fazer diferença no mundo.
Para saber mais, clique aqui
Recomendo a biografia pelo Ruy Castro também, que foi quem me fez ser uma eterna apaixonada pela “pequena notável”.

CAKE DESIGNER

Enfim, começou o curso. São 16 mulheres e dois homens dos tipos mais variados, mas com uma coisa em comum:todas gostam de fazer bolo e grande parte já os faz para ganhar dinheiro. Os grupos foram separados pela professora (que é muito bonita e não parece ser mais velha que eu).
O momento chato foi executar as receitas do dia com o meu grupo (cinco singelas desconhecidas tentando não ser mandonas nem sarcásticas com as colegas – eu não consegui não ser sarcástica).
Aprendi muita coisa nesta 1° aula. Achei bacana como a professora nos passou diversos conhecimentos intelectuais (!) sobre a comida, nos ajudando a ler uma receita e imaginar direitinho como ficará, baseada nas quantidades dos ingredientes.
Vou ter que treinar bastante (só a confeitagem) em casa, mais ou menos uma pena, afinal estou tentando, com muita paciência, adquirir melhores hábitos alimentares, nem que seja apenas de segunda a sexta-feira, o que vai ser uma grande ajuda pro organismo e pros humores… Por falar em organismo e em humores, o Alex Atala fala em seu livro “com unhas, dentes e cuca – Prática culinária e gastonomia ao alcance de todos”
que no período medieval, os médicos e os cozinheiros andavam coladinhos, e que não é a toa que receita é um substantivo que serve tanto para a medicina como para a gastronomia. Bem, num tempo onde não havia remédios químicos, o negócio era adaptar as receitas com as especiarias que as tornassem mais saudáveis para os comensais. E já falava Hipócrates, não é mesmo?!
E também nos fala Sonia Hirsh O alimento deve ser o nosso remédio e o nosso prato deve ser vivo, dinâmico e colorido, como queremos ser. Já vi que vou precisar de toda disposição neste momento em que o polvo que mora em mim volta de férias, inda mais que hj, numa arrumação de armário, vesti um jeans que me entrava atochado no corpo quando Rebeca (minha filha caçula) tinha apenas um mês de nascida. Hoje ficou mais atochado que há 6 e 1/2 anos atrás… porque será… vejamos… cerveja, carne, sorvete, ou todas as opções acima??? ai, ai, não sei.
Sei que eu sou bonita e gostosa, mas estaria anos luz mais gostosa sem essa bóia em volta da minha cintura. Deixemos de quimeras. Com boia, sem boia, vou raspar de colherzinha todas as panelas de recheio e todos os bowls de massa. Amém.
JsIndexer - JsIndexer - Adicionar aos Favoritos BlogBlogs JsIndexer - Adicionar artigo ao Del.icio.us JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar ao Facebook JsIndexer - Adicionar ao Google JsIndexer - Adicionar ao Gostei JsIndexer - Adicionar ao Infoblogs JsIndexer - Adicionar ao MySpace JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar aos Favoritos Technorati JsIndexer - Adicionar ao Ueba JsIndexer - Adicionar artigo ao Windows Live JsIndexer - Adicionar ao Yahoo! <br

MAS, SE NEM EU ENTENDO?!!

As três pessoas que me acompanham aqui leram algo sobre um tal de “projeto verão” que incluia dieta e caminhada e ficou só no papel. No papel não, na tela. Quanto menos carne eu quero comer, mais eu PRECISO de um bom churrasco pra ficar mais felizinha.
Sorvete. E eu nem gosto muito. Mas a senhora minha mãe adora, e tem três potes de sabores diferentes lá no freezer. Com caldas. E cereja.
Acho que a falta do que fazer está ajudando um pouco, tipo, eu saio pra night, fico destruída, e, depois de 24 horas sem comer, vai entrar carne, sorvete, coca zero e muito, muito pão.
PORRA, CARALEO, CADÊ A MINHA DISCIPLINA???!!! Tá, tudo bem, eu ainda visto 38 em baixo e 40 em cima, mas a barriga que já esticou três vezes (perdi um baby em 2003) tá tão… tão… mãe!
Procuro nas gavetas a disposição que eu tinha até um ano atrás pra malhar, a disciplina de só beber chás de beberagens emagrecedoras, as compras do hortifruti que não estragavam na geladeira.
Muito chato perceber essa falta de compromisso com coisas que são chatas, dão trabalho, mas trazem inúmeros benefícios.
Aí eu vou pra análise e… RÀ! Menina, vc precisa aprender a ser sua própria mãe.
Não dá pra querer ser saúde e bagaceira ao mesmo tempo (eu ainda não tenho certeza disso, vou continuar tentando). A verdade é que eu não consigo fazer sozinha, por mim mesma. Que triste.
Ops!!! acabei de entregar o meu maior podre!!
Eu tinha um namorado super crítico, então o anti-rugas era usado todos os dias, o chá era bebido todas as horas, e tudo o que eu não consigo digerir direito ficava na vontade. Agora, como eu sou quase uma Britney, de tão popstar, Assumo a sem-vergonhice ao lado de pizzas, sobas, churrascos mistos e pãezinhos.
Estou tentando beber apenas vodcka com red bull diet (putaquepariu!!!) mas depois de umas doses, acabo bebendo a cerveja mesmo. É que quando eu bebo, fico rica e magra. E dá logo vontade de comer… enfim.
Eu tenho 34 anos, me sinto bela e plena. Mas quero (será que quero mesmo?) envelhecer saudável, e de preferência DEUSA, como a Torloni e a Vera Fisher. Mas ELAS TEM DISCIPLINA!!!! E elas não ficaram tão felizes como eu, que ontem entrei num restô na hora do almoço e pedi churrasco misto com uma montanha de batata frita e outra de farofa. Com a coleguinha cardíaca ao lado, que não deveria nem PENSAR em gordura. Voltamos pro trabalho derretendo de alegria!!! E não é o que faz valer a vida?
Se felicidade embeleza e dá saúde, vou comer carne de boi hj denovo e esperar os suspiros dos gatos, que aliás estão jorrando aos borbotões em minha volta. E eu quero que continue assim, pelos séculos e séculos. Então melhor fazer o tempo parar. Como??
Ah!!! Você não vai querer saber!!!

Se vc tem uma fórmula mágica para manter uma indisciplinada magra e sem rugas, comente aqui!!!

JsIndexer - JsIndexer - Adicionar aos Favoritos BlogBlogs JsIndexer - Adicionar ao Blogbookmark JsIndexer - Adicionar ao Blogmarks JsIndexer - Adicionar artigo ao Del.icio.us JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar artigo ao Eu Curti JsIndexer - Adicionar ao Facebook JsIndexer - Adicionar ao Google JsIndexer - Adicionar ao Gostei JsIndexer - Adicionar ao MySpace JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar aos Favoritos Technorati JsIndexer - Adicionar ao Twitter JsIndexer - Adicionar ao Ueba JsIndexer - Adicionar artigo ao Windows Live JsIndexer - Adicionar ao Yahoo!

SOBRE O QUE É REPETITIVO

Janeiro acabando, a vida (re)começando… Amanhã, finalmente, o curso. Um coquetel de lançamento de um CD de samba, muito bom, mas seria melhor se não fosse pro dia 17/02. Seria melhor também que a produtora me falasse com certeza a quantidade de convidados e o orçamento. OLha só que pepino:
EU tenho que entregar um orçamento de comidas, bebidas, bandejas, copos, cinzeiros, etc e tal. Mas não sei o número de convidados. Pode ser 150, 180, 200 ou 250(!!!!!!)
OUtra coisa: o CD é de samba, então eu pensei em caipirinhas, refrigerantes/água, cerveja, caldo de feijão, empadinhas e escondidinhos de carne seca. Mas, acontece que a produtora vai pedir/ganhar umas caixas de vinho branco. Pô, vinho branco não tem NADA A VER com samba, caldo de feijão e botiquim.
É isso tudo que uma cozinheira sofre…rsrsrs
Falando em sofrimento, estou aqui, novamente, no hospital. O pior momento da minha escala é essse, quando cai na sexta, descansa sábado e domingo e sengunda feira cá estou. Segunda feira não seria pra trabalhar…Um porre!! São 8 e 20 da manhã, e por mais de dez vezes eu perguntei: “nome” ahn??? “nascimento” dia 8. “oito o que??” “ah!!! 8 de abril” . De que ano, senhora??? “ihhhhhhhhhhh… não lembro.” “me mostra a identidade, senhora.” “ai, eu não trouxe”. Sabe o cep, senhor???” “tem telefone???”
Eu bem poderia fazer um podcast e poupar minha bela voz, não é mesmo?? Eu só parei de ficar com raiva de fazer as mesmas perguntas por 12 horas ininterruptas quando pensei nos garçons de churrascaria, que passam o dia todo passeando com uma picanha na mão: “picanha senhora?” “mal passada, senhor??”
Será que o cara que leva a picanha pra passear, leva só a picanha? Seria melhor variar, uma rodada de frango, uma de linguiça, uma de picanha…Será que quando ele dorme, ele sonha?? E quando chega em casa e olha pra esposa, ele diz o que?? Quando está com insônia, ele conta cordeirinhos com geléia de hortelã? ou fillet mignon ao alho??
Só porque eu respondo ao telefone “plantão geral, bom dia” trocentas vezes, peço endereço, cep e telefone das pessoas outros septilhões de vezes, não significa que alguém não tenha uma rotina mais chata que a minha aqui.
Agora vou quebrar o resta da minha cabeça pra montar um cardápio pr’esse lançamento.
A quem puder me dar ideias, agradeço.
JsIndexer - JsIndexer - Adicionar aos Favoritos BlogBlogs JsIndexer - Adicionar ao Blogbookmark JsIndexer - Adicionar artigo ao Del.icio.us JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar artigo ao Eu Curti JsIndexer - Adicionar ao Facebook JsIndexer - Adicionar ao Gostei JsIndexer - Adicionar ao Imera JsIndexer - Adicionar ao Infoblogs JsIndexer - Adicionar esta noticia no Linkk JsIndexer - Envie este link para linkTo! JsIndexer - Adicionar ao MySpace JsIndexer - Adicionar ao pigg JsIndexer - Adicionar artigo ao Rec6 JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar aos Favoritos Technorati JsIndexer - Adicionar ao Twitter JsIndexer - Adicionar artigo ao Windows Live
<

O SEQUESTRO

Sabe aqueles emails que a gente recebe de vez em quando, falando sobre um garoto que sofreu sequestro relâmpago, tomou uma injeção e acordou numa obra, sentindo-se mal e, quando foi fazer um check up no hospital, constataram que estava faltando um rim?
Essa história é muito, muito pior!!!
Era um rapaz lindo. Dezoito anos muito bem distribuídos em 1,80m de altura, 90kg, barriga de tanquinho e que costas!! Que bíceps!! O cara era um tesouro, o genro que mamãe queria.
O gatoso em questão saiu em seu carro pra pegar a namorada em casa. Num destes cruzamentos da vida, dois homens numa moto o abordaram, armados. Gatoso foi colocado no banco do carona e um dos bandidos foi com ele. Chegaram a um sitio ermo e gatoso desmaiou com um soco na boca.
Muitos dias se passaram.
Sentindo muitas dores, nosso herói acordou. Parecia que tinha apanhado de muitos, cada parte de seu corpo doia. Levantou-se com muito cuidado, estava louco pra fazer xixi, e foi, cambaleante, até a porta que supunha ser do banheiro.
Encontrou um buraco no chão, que, pelo cheiro que exalava, servia exatamente pra o que ele queria.
Ajeitou-se na frente do buraco e…
CARACA, CADÊ MEU PINTO?????????
Bonitão olhou direitinho e , no lugar onde antes havia um lindo membro viril, nada. Apenas um monte de pelinhos nascendo. Procurou um espelho, e estufefacto, viu um par de seios. Quanto mais nosso amigo procurava, mais encontrava coisas de mulher em seu corpo. Pegou o espelho, colocou entre as pernas e achou um buraquinho.
Ele tinha virado mulher. Fato. E se perguntava como ia voltar à vida normal assim, ele era homem, e agora tinha dois peitões lindos e empinados, e, ao invés de um pau lindo (do qual se orgulhava muito), uma vagina. Seu cabelo também não era mais o mesmo. Agora era longo e loiro, igualzinho ao da sua namorada.
Pensando em sua gata, chorou. Ela não ia querer dar pala de sapatão daquele dia em diante. Com certeza, o namoro acabaria. Que garota namoraria um homem de cabelão e sem piru? Só uma sapatona…
Finalmente entra um homem no quarto. Identifica-se como Doutor. Doutor o que? Doutor de que?? Nenhuma resposta.
-Doutor, o que fizeram comigo? Quando serei libertado? vocês pediram resgate para minha família??
Faz quanto tempo que estou aqui desacordado?
– Calma, amigo, responde Doutor. Você está aqui faz um mês mais ou menos, e estará nos deixando depois de amanhã, se estiver se sentindo bem.
-Obrigado, doutor!! Estou morto de saudades da minha família… Mas, porque vocês fizeram isso comigo??
-Calma, amigo, você sairá daqui em breve, mas, mesmo que voltasse para sua família, não seria reconhecido. Eles perderam um filho, e você agora é mulher. Não é aconselhavel dar um susto desses na sua mãe, afinal, vc foi enterrado faz 15 dias. Encontraram um corpo carbonizado dentro do seu carro. Para todos os efeitos, aquele corpo era o seu.
-Mas eu estou aqui, o meu corpo está aqui.
-Acontece, querida, que o corpo que deixou a casa da sua mãe era de um homem, e vc agora é uma mulher…E que mulher, hein?!! Você continuará a tomar hormônios femininos por mais um tempo, e será acompanhado por uma equipe multidisciplinar em sua nova residência.
-E para onde eu vou, Doutor?
Você vai embarcar para a Espanha.
Vai viver num lindo clube em Ibiza, onde trabalhará como dançarina.

FIM

JsIndexer - JsIndexer - Adicionar aos Favoritos BlogBlogs JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar artigo ao DiHitt JsIndexer - Adicionar artigo ao Eu Curti JsIndexer - Adicionar ao Gostei JsIndexer - Adicionar ao Imera JsIndexer - Adicionar ao Infoblogs JsIndexer - Adicionar esta noticia no Linkk Adicionar ao Linkloko JsIndexer - Envie este link para linkTo! JsIndexer - Adicionar ao Pagetacker JsIndexer - Adicionar ao pigg JsIndexer - Adicionar artigo ao Rec6 JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar ao Ueba

BlogBlogs.Com.Br

O ESTREITO CAMINHO PARA A FELICIDADE

É impossível ser feliz sozinho, diz um poeta, quem pode querer ser feliz se não for por amor, diz outro poeta, lá na música ao vivo enquanto mulheres de olhar açucarado penduradas em um ombro masculino se derretem.
É impossível ser feliz sozinho, repetimos todas nós, em coro, com revista de moda e comportamento na mão, decorando dicas e mais dicas de como fisgar e manter um homem.
Mas eu me pergunto qual será a importância real de se ter alguém, de pertencer à um homem, grupo, time de futebol, escola de samba, família ou classe social??
Busco minha essência, a pessoa que mora dentro de mim. Essa pessoa que eu quero amar, agradar, conquistar e manter. Depois que eu encontrar, vale até seguir todas as dicas das revistas, adequando-as à minha personalidade.
Eu morro de medo e de preguiça de ir atrás de quem eu sou, mesmo sabendo que a vida vai ser muito mais divertida depois que eu souber mais um pouco.
É que dá um trabalho danado, ir fazer análise, ter humildade pra se perceber nem sempre tão bonzinhos como pensamos ser, ficar meditando sobre as próprias atitudes, sobre para onde estamos indo com nossas intransigências.
Andei falando de amor, liberdade, invasões à intimidades e afins ontem.
É que essas coisas estão me martelando, até que ponto eu sou um ser social, até que ponto individual? Freud explica na “Psicologia das Massas”.
Qual a satisfação que eu devo à sociedade que me rodeia? Porque não posso parecer tola e fácil enquanto converso com um cara que só quero mesmo pra um sexo casual, e depois ir dormir sozinha em minha própria cama?
Porque tudo fica mais calmo e tranquilo quando resolvo vestir minha vaca de presépio e não me permito ser fiel a mim mesma?
Aí quem explica é Jesus, não Freud.
“Estreito é o caminho que leva ao reino dos céus”.
É… eu quero ir pro reino dos céus, porisso tento ser, a cada minuto, uma mulher de personalidade. Mesmo que eu vá sem marido.

JsIndexer - JsIndexer - Adicionar aos Favoritos BlogBlogs JsIndexer - Adicionar artigo ao Del.icio.us JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar artigo ao DiHitt JsIndexer - Adicionar artigo ao Eu Curti JsIndexer - Adicionar ao Google JsIndexer - Adicionar ao Gostei JsIndexer - Adicionar ao Imera JsIndexer - Adicionar ao Infoblogs JsIndexer - Adicionar esta noticia no Linkk Adicionar ao Linkloko JsIndexer - Envie este link para linkTo! JsIndexer - Adicionar ao Pagetacker JsIndexer - Adicionar ao pigg JsIndexer - Adicionar artigo ao Rec6 JsIndexer - Adicionar ao Diga Cultura JsIndexer - Adicionar aos Favoritos Technorati JsIndexer - Adicionar ao Twitter JsIndexer - Adicionar ao Ueba

Quer ter estes botões no seu site? Acesse