E QUE DEUS ABENÇOE A TODOS NÓS!

Dez e pouca da manhã de ontem, no hospital.

Emergência fechada. Motivo: Lotação.

Mas os doentes continuam chegando.

O maqueiro traz um, deitado numa maca, e ao lado uma mulher. Esposa, talvez. Pessoas mau-tratadas, sujas. O maqueiro entra direto com o cara, corro atrás para saber o que significa aquilo. Não gostei do sujeito, nem da esposa. Ele me olhou de um modo estranho. Pergunto ao médico  se posso admitir o cara. Sim, posso admitir.

Enquanto tomo nota do nome, da data de nascimento e essas coisas, a acompanhante fala impropérios, grita, chora, percebe que o sujeito está morto e vai embora, levando os documentos.

Twitter: “tem dias que eu simplesmente odeio meu trabalho com todas as forças.”

Deu uma confusão danada. Não podíamos comprovar que aquele nome correspondia àquela pessoa. Direção do hospital acionada, polícia acionada, e eu precisando repetir tudo o que aconteceu desde a chegada do homem até a partida da mulher*. E telefone, e doente, e coisa e tal. Uma dor de cabeça, um sono, a boca abrindo, o estômago enjoado. Vontade absurda de estar em casa. Vontade absurda desair dalí voando, uma borboleta serena num jardim florido.

Entra uma senhora, umas duas da tarde. Eu não conseguia falar com ela, de tanta abrição de boca. Foi quando a senhora disse: “você tá com olhado”

Respondi que não tinha nada para despertar a inveja alheia, sorrindo. Um senhorzinho bem velhinho, mas limpinho, cheiroso, e com uma família muito educada precisava Fazer um exame, mas não aparecia maqueiro. Fui procurar um maqueiro de boa vontade.

Em cinco minutos voltei. Boa.

Sem dor, sem calafrios, sem enjôo. Tranquila, alegre, prestativa e carinhosa. Sem conseguir maqueiro, peguei o velinho e falei: “vamos dar um passeio?” E fomos, e ficamos amigos. So cute!

Dali pra frente, resolvi todos os pepinos que me apareceram, fui realmente útil, coisa que me faz sentir bem. A cada pessoa satisfeita, um “Deus te abençoe, minha filha”.

Sorrisos, energia, amor, paz.

Passo por dentro da enfermaria e encontro a senhorinha que falou do olhado. “Tá boa?” Sim, estou ótima. “É que eu te benzi, fiz uma prece por você enquanto estive ao seu lado.”

Muito, muito obrigada.

Ao final do plantão, uma mãe com a filha doente.

” Moça, que Deus te abençoe e abençoes seu trabalho. Que você permaneça aqui, pois ainda ajudará a muitos com seu sorriso.”

Chorei.

O amor vem de diversas maneiras até cada um de nós.

*PS: O hospital contatou a associação de moradores da comunidade carente onde fica o hospital. Reconheceram o sujeito, que não precisou pagar o mico de ir pro IML como indigente. Enquanto eu repetia a história para as mil pessoas que me indagaram, entendi por que não gostei do olhar dele: ele já estava morto!! tadinho. Que Deus o abençoe também, e o receba em seus braços.

About these ads

3 Respostas

  1. Que dia ,hein?
    Espero que não se repita tão cedo(já que dizer que nunca é tempo demais…)
    Beijo!

  2. Querida,seu dia foi brabo,hein? O interessante foi a história do mau olhado. Eu nunca acreditei nisso,mas sabe que faz sentido? Já ouvi dizer que quem está com mau olhado fica bocejando. Sei lá. Mas a tal senhorinha que diagnosticou te benzeu e vc ficou nova em folha. Não é esquisito? Olha,às vezes acontecem coisas inexplicáveis racionalmente,mas acontecem. De qualquer forma a senhorinha te passou alguma coisa de muito bom, uma energia mto positiva,e isso te fez ficar bem. Nessa troca de energia eu acredito pq faz sentido. Veja como vc age:sempre ajudando quem chega no seu plantão. Isso melhora as pessoas que lá vão, e elas te devolvem isso com sorrisos e bênçàos. Excelente,isso.
    Bjs,querida

  3. Eita… mundão.
    Ontem eu atendi ao tel e expliquei a querida e fofa cliente, que haviam informado errado sobre o horário do orçamento, que este sairia hoje após as 13h. Quem aparece aq de manhã? Quem? A cliente, eu não estava.
    Ela:
    ___ quem é a moça q atende ao tel?
    Outro funcionario:
    ___ ela não esta, é só com ela?
    Ela:
    ___Sim, qdo a pessoa é mal educada, a gente tem que olhar na cara.

    Vcs entenderam? Nem eu, tem q ter pavioooo looongo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: